quinta-feira, 22 de março de 2012

Intercâmbio e ExperimentAção na Rota do Café!

Turistas alemães conhecem atrativos da Rota do Café!
O grupo formado por 35 estudantes e 4 professores de Agronomia , da Universidade de Osnabrück/ Alemanha, esteve na Rota do Café vivenciando as belezas dos cafezais e aprendendo com o agronegócio do Norte do Paraná.
A agência receptiva Redon do Brasil, credenciada à Rota do Café e especialista em Turismo do Agronegócio, elaborou uma programação intensa e repleta de múltiplas experiências no Brasil, criando para este grupo a oportunidade de intercâmbio cultural, intelectual, social e econômico com o nosso país.
O grupo ficou no Brasil no período de 05 a 19 de fevereiro, iniciando  a viagem no Rio de Janeiro, em seguida visitando o Paraná e terminando a viagem em Cuiabá, com a visita  ao Pantanal.  Na Rota do Café o grupo teve a oportunidade de visitar a belíssima lavoura de café da Fazenda Palmeira, em Santa Mariana e de apreciar a cachaça orgânica elaborada no Engenho Terra Vermelha, em Assaí.
Neste dois atrativos foi possível apresentar aos estudantes manejos, tecnologias, cultivos e culturas desenvolvidas na região norte paranaense, possibilidades bem sucedidas no agronegócio brasileiro!
Dentre as experiências proporcionadas ao grupo, a visita pelo cafezal num ônibus de boias-frias foi inusitada, criativa e super aproveitada por eles, acharam o máximo!
Os momentos de partilha e conhecimento foram levados a sério, atenção na hora de conhecer o maquinário utilizado na colheita do café e as técnicas aplicadas ao manejo.
Sol quente em meio à lavoura de café...muito diferente da Europa!

“Para nós foi uma experiência nova e muito interessante, por serem pessoas da área. Pudemos traçar várias comparações entre a atividade agrícola no Brasil e na Alemanha. Alguns dos estudantes estavam muito bem preparados, tinham conhecimento das variedades e manejo do café. Durante as outras visitas que fizeram à cooperativas, granjas, usina de açúcar ficaram surpresos com a quantidade de tecnologia empregada na agricultura brasileira.”  Depoimento de Cornéllia Gamerschlag, Fazenda Palmeira.
Rota do Café, de portas abertas para o mundo!



2 comentários:

Leonardo Florêncio disse...

Fazer amigos, turismo. Não há fronteiras... Parabéns pela experiência.

Flávia Scandolo disse...

A troca de experiências que a Rota do Café proporciona é única, vale a pena conferir...

Notícias

Vídeo

Seguidores