quarta-feira, 11 de março de 2015

Turistas alemães visitam a Rota do Café

A Alemanha é o país que mais processa (torrefação, distribuição e marketing) café no mundo, mesmo não plantando um único pé. O consumo anual por habitante gira em torno de 6 a 7 kg de café o que equivale a 160 litros, de todas as formas de preparo (expresso, solúvel, cápsulas, sachês e outros). Muitas pessoas pensam que a cerveja é a bebida preferida do alemão, mas é o café que predomina!
Durante dois dias um grupo de alemães visitou o Norte do Paraná em busca de conhecimento sobre a história, o cultivo e a comercialização do café.

O roteiro elaborado pela agência londrinense Redon do Brasil, acompanhados pela guia Angélica Rosenthal, começou com uma visita à corretora de café A Rural, onde conheceram as regras da degustação, classificação e comercialização do café. Tiveram a oportunidade de acompanhar o trabalho dos provadores ao avaliar a bebida.
Em seguida foram ao Museu Histórico de Londrina, entender a relação da cidade com o grão, do ponto de vista histórico ao cotidiano das pessoas.
No distrito da Warta, terminaram o dia com uma visita à uma fábrica que processa café, onde  tiveram contato com os setores de torrefação, moagem e empacotamento. No laboratório participaram da determinação da umidade e cor do café.
Na manhã seguinte, logo cedo, a curiosidade os levou para uma lavoura de café, na Fazenda Palmeira, em Santa Mariana. Queriam saber como se cultiva a planta, quais são as alegrias e dificuldades do produtor, como funciona uma colhedora de café. Vivenciaram de perto uma "roça"de café!







Subindo na figueira se vê mais longe...










             
E para fechar com chave de ouro os dois dias ricos em informações, assistiram em Londrina à uma apresentação de alunos da Escola de Música Sol Maior, um projeto social dirigido pelo violinista Roney Marczak. 
                                                

"Ficamos impressionados de como é longo o caminho do grão até o consumidor final" , foi a observação de um dos integrantes do grupo. 
Quando tomarem café de agora em diante, lá longe na Alemanha, lembrarão das inúmeras pessoas envolvidas na produção de uma bebida que nos diz toda manhã: "Bom dia!"


0 comentários:

Notícias

Vídeo

Seguidores