terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

PANORAMA DO TURISMO RURAL NO BRASIL

“O Brasil do Turismo Rural do século XXI vive uma grande transformação, procurando criar uma identidade turística profissional, moderna sem perder a ruralidade”.

A pesquisa realizada pelo SEBRAE em parceria com a PRB Consultores Associados e o Instituto de Desenvolvimento do Turismo Rural – Idestur, teve como objetivo conhecer o empreendedor e o universo da atividade no Brasil em 2010. Revelou que o Turismo Rural cresce aproximadamente 30% ao ano e que no ranking mundial, o Brasil ocupa a quarta posição no segmento, perdendo apenas para Espanha, Portugal e Argentina. Segundo a Organização Mundial do Turismo, o crescimento internacional do setor é de 6% ao ano e pelo menos 3% dos turistas do mundo direcionam suas viagens para destinos rurais.

Destacamos algumas informações relevantes da pesquisa:

Os  empresários envolvidos com o turismo rural são empreendedores rurais e/ou administradores que atuam diretamente nos empreendimentos de Turismo Rural, porém há uma nova parcela de empresários envolvidos com a atividade, são as Agências Receptivas e Operadoras também representantes dos negócios.

43%, a grande maioria do empresariado participante do Turismo Rural  na atualidade, encontra-se na atividade entre 5 a 10 anos, retratando  que o turismo rural está em um novo estágio, a fase de consolidação empresarial.

A pesquisa destacou que a atividade empresarial exige do proprietário rural, prestador dos serviços turísticos, posicionamentos de mercado e postura empresarial própria. Mudanças e inovações são necessárias para o fortalecimento das ações de comercialização focada em resultados consistentes para o Turismo Rural.

Os aspectos positivos mais citados: Questões culturais, Agregação de valores, Contato com a natureza e a Receptividade, reforçando a identidade do Turismo Rural Brasileiro.

Experiências ofertadas pelos empreendimentos: A maioria dos entrevistados acredita poder atender as principais expectativas dos turistas, principalmente nas vivências rurais associada às questões culturais e da natureza, aliadas a ambientes com atendimento típico da simplicidade do campo.

Origem dos clientes: a maioria dos turistas é da região e do próprio Estado onde está localizado o atrativo turístico.

Os desafios para os próximos anos são: o fortalecimento, a valorização da atividade e a promoção do desenvolvimento sustentável dos territórios onde os empreendimentos estão inseridos. E ainda, o amadurecimento do relacionamento comercial com operadoras.

"A visão empreendedora, a criatividade, o empenho familiar e o desejo de sobrevivência com dignidade no campo superam as dificuldades iniciais de qualquer novo negócio".



3 comentários:

VALERIA disse...

Cada vez mais as familias estão querendo, sair da rotina do dia a dia, e incluir na vida dos filhos vivencias e experiencias novas.
Acredito que o Turismo Rural tem um papel fundamental no resgate deste novo conceito.

Rota do Café disse...

Sim Valéria, e a proposta Rota do Café é exatamente esta, proporcionar às famílias momentos com a natureza e a vida no campo!

Leonardo Florêncio disse...

Olá!
É fato. As pessoas buscam aprendizado, experiências novas e também poder reviver coisas dos tempos de infância. Não obstante o proprietário que tiver como objetivo propiciar momentos inesquecíveis aos seus visitantes tem que se munir de informação. O saber fazer com conhecimento técnico possibilita bons resultados.

Percebe-se a necessidade contínua de aprimoramento, treinamento, capacitação para que tais resultados sejam alcançados.

A qualidade de vida no campo também se deteriora se não estamos atentos. Por isso, nunca é demais, aprender e principalemnte praticar o conhecimento adquirido.

Um forte abraço e sds agroecológicas a todos...

Notícias

Vídeo

Seguidores